terça-feira, 21 de outubro de 2014

Bolsa cai 4% após vantagem de Dilma em
pesquisa eleitoral
ibovespa
Depois de grande recuo na abertura do pregão, Ibovespa caía 3,70% às 11h10, na casa dos 52 mil pontos
OLÍVIA BULLA - AGÊNCIA ESTADO
A Bovespa abriu o pregão desta terça-feira, 21, em forte queda, pulando do nível dos 54 mil pontos para a casa dos 51 mil pontos logo na abertura, em baixa de mais de 4%. O movimento é conduzido pelas ações do chamado "kit eleição" e ocorre em reação à pesquisa Datafolha, que mostrou pela primeira vez a presidente Dilma Rousseff (PT) numericamente à frente de Aécio Neves (PSDB) no segundo turno, embora ainda em situação de empate técnico.
Por volta das 11h10, o Ibovespa caía 3,70%, aos 52.291,97 pontos, na pontuação mínima do dia. Neste horário, as ações ON e PN da Petrobras figuravam entre os destaques de baixa, com -7,54% e -7,81%, respectivamente.
No topo da lista negativa, estava Banco do Brasil ON (-10,05%), acompanhado ainda de Eletrobras PNB (-7,83%). Na outra ponta, apenas três das 69 ações que compõem a principal carteira teórica da Bolsa brasileira figuravam no campo positivo. Os ganhos eram liderados por Santander units, com +2,47%.
No mesmo horário, o dólar no Brasil estava em alta, próximo da faixa dos R$ 2,50. Com variação para cima de 1,22%, estava sendo vendido por R$ 2,492.

Caern alerta para o consumo das cidades abastecidas pelo Piranhas-Assú

Em função da baixa do volume de água do rio Piranhas-Assú, que abastece as cidades de Jardim de Piranhas, Timbaúba dos Batistas, São Fernando e parte de Caicó, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), alerta à população destes municípios sobre evitar o desperdício e enfocar a economia de água enquanto persistir esta situação.
Para se ter uma ideia, por causa desta situação, o abastecimento de água de Caicó está temporariamente sendo realizado somente pelo açude Itans, o que representa 50% do abastecimento total. O motivo é que, além da seca, com a baixa precipitação para abastecer o rio Piranhas-Assú, a alimentação hídrica do rio, que se dá pelo complexo Complexo Curema-Mãe D’água, nascente na Paraíba, está comprometida em função de um barramento de vegetação.
21/out/2014
ás 18:39
Publicado por Robson Pires na categoria

Sociedade civil organizado repudiou estratégia de Henrique

henrique lamaO candidato do PMDB ao governo, Henrique Alves, se valeu de um marketing de guerrilha que apelou para o “vale tudo” ou como diziam no mau futebol: “do pescoço pra baixo é joelho”.
Movimentos da sociedade civil organizada, Igreja e empresariais repudiaram a tática de desconstrução do oponente – Robinson Faria (PSD), proposta por Henrique. “Nunca se viu uma campanha tão suja”, comentam pela capital do estado.
21/out/2014
ás 18:17
Publicado por Robson Pires na categoria

Justiça concede direito de resposta à Robinson contra Henrique

As informações inverídicas, difamatórias e injuriosas divulgadas pelo candidato do acordão, Henrique Alves foram criticadas pela Justiça Eleitoral em decisão que concede direito de resposta na propaganda eleitoral em mais de 3 minutos a favor de Robinson. Na decisão, o juiz Cícero Martins de Macedo Filho critica a postura do candidato Henrique Alves. “Não descarto, também, que haja responsabilidade dos candidatos na divulgação de certas propagandas, pois é difícil acreditar que não possam, também, administrar o próprio marketing de suas campanhas. Não custa lembrar que pode passar também na cabeça dos eleitores a ideia de que quem não consegue administrar o próprio nível de suas campanhas talvez não tenha condições de administrar o Estado”.
Cícero também classifica a inserção de Henrique como “a inverdade contida na propaganda, que busca passar, com informações distorcidas, uma imagem negativa e maculadora da honra e imagem do candidato Robinson Faria”. A decisão da Justiça Eleitoral determina o direito de resposta baseado no artigo 58 da Lei nº 9.504/97 e punição com multa de R$ 50 mil caso a coligação União Pela Mudança insista em divulgar novamente a propaganda mentirosa.
A justiça eleitoral esclarece os fatos sobre os apartamentos adquiridos através de transação comercial que obedece a regras do mercado imobiliário. “Portanto, o Sr. Robinson Faria recebeu os apartamentos no referido Condomínio Residencial Jangadas, em Parnamirim, através de um negócio jurídico legítimo, legal e público, sem ter obtido tais unidades por meio de influência no Programa Minha Casa Minha Vida, como procurar fazer crer a propaganda impugnada”, destaca o juiz em sua sentença.

Veto parcial do governo ao Projeto de Lei da LDO é lido em sessão extraordinária

21 de outubro de 2014 por annaruth
m sessão extraordinária realizada hoje a tarde foi lido o veto parcial da governadora Rosalba Ciarlini ao Projeto de Lei 50/2014, que dispõe sobre as diretrizes para elaboração e execução da Lei Orçamentária para o exercício de 2015, aprovado em 16 de julho deste ano.
O executivo está excluindo do texto os parágrafos 3º e 4º do artigo 3º, que impõem ao Poder Executivo a obrigação de cumprir, integralmente, as metas quadrienais das ações previstas no Plano Plurianual (PPA), relativo ao período 2012-2015.
Também foram vetadas as alíneas “h” e “J”, do Inciso V do artigo 4º, que “exigiu-se que o Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2015, seja composto de quadros complementares”; o parágrafo único do artigo 14, que determina que o exercício financeiro de 2015 seja acompanhado de relação dos convênios assinados até 31 de julho de 2014, e daqueles com sua contratação em andamento, discriminadas as suas situações, contendo objetivos, órgãos conveniados e convenentes, valor dos repasses e contrapartidas, e prazo de vigência.
Por fim, a mensagem governamental veta o artigo 20 e respectivo parágrafo único que tratam das dotações destinadas às contrapartidas de convênios, de empréstimos internos e externos, e ao pagamento de sinal, amortização, do principal, juros e outros encargos observados os cronogramas financeiros das respectivas operações. Pelo projeto aprovado, essas dotações só poderão ser remanejadas para outras categorias de programação por meio de Projeto de Lei específico. Os vetos serão discutidos e votados em plenário em sessão a ser marcada com esta finalidade.
21/out/2014
ás 15:16
Publicado por Robson Pires na categoria

Aécio tem 53,2% contra 46,8% de Dilma, diz instituto

Aécio tem 53,2% contra 46,8% de Dilma, mostra pesquisa do instituto VeritáO senador Aécio Neves (PSDB) seria eleito presidente da República com 53,2% dos votos válidos, caso a eleição fosse hoje. É o que diz pesquisa do instituto Veritá, encomendada pelo jornal Hoje em Dia. A presidente Dilma Rousseff (PT) não seria reeleita pois conta com 46,8% da preferência do eleitor.
A pesquisa foi realizada entre os dias 17 de outubro e ontem e a margem de erro é de 1,4 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento descarta o empate técnico, já que no pior cenário de Aécio e no melhor de Dilma, o tucano continua à frente. Se forem considerados os votos totais, o senador Aécio Neves teria 47% das intenções de voto. Dilma aparece com 41,4%. Os indecisos somam 7,8% e outros 3,7% votariam em branco ou nulo.
Rejeição
De acordo com o Veritá, a rejeição da presidente Dilma é maior que a do senador. O índice de rejeição dela é de 46,1% dos eleitores. Já 39,1% dos entrevistados afirmaram que não votariam de jeito nenhum em Aécio Neves.
O instituto também perguntou quem os entrevistados acreditam que será eleito o próximo presidente da República, no dia 26 deste mês. Para 56%, o senador tucano vencerá a disputa. Os outros 44% acreditam que a petista sairá vitoriosa.
A amostragem da pesquisa é 7.700 eleitores em 213 cidades de todos os Estados brasileiros. Ela foi registrada com o número 01144/2014 no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O nível de confiança é de 95%.

Morre o ex-prefeito de Pendências

IMG_8064Morreu nesta terça-feira (21) em Natal, o ex-prefeito do município de Pendências, Felipe Joaquim Filho. Informações repassadas ao blogue dão conta que o ex-prefeito sofria de diabetes o que teria se agravado e o levado a óbito. 
O corpo do ex-prefeito está sendo velado em Natal antes de seguirpara Pendências, onde será enterrado. Na sua carreira política o ex-prefeito ainda exerceu mandatos de vice-prefeito e vereador.